As melhores informações sobre o mercado imobiliário

burnout

Síndrome de Burnout: COMO EVITAR QUE A EQUIPE DE SUA IMOBILIÁRIA SEJA AFETADA

Precisamos falar da Síndrome de Burnout! 

Sim! Somos humanos e suscetíveis às doenças da alma. Esses males afetam as pessoas que desejam ter uma vida estável e confortável, ou seja, pode atingir a todos.

Na maioria das vezes, para alcançarmos nossos objetivos e levarmos uma vida mais confortável é necessário muito esforço e compromisso com nossas responsabilidades. Sabemos o quanto precisamos ter dedicação para fazermos um bom trabalho e garantirmos bons resultados no final de tudo.

Porém, no mundo de hoje, não há garantias. As coisas mudam rapidamente e nem sempre saem como imaginamos. Num mercado tão competitivo como o mercado imobiliário, dar o nosso melhor para ter sucesso profissional pode ser desgastante emocionalmente e fisicamente.

Lidar com diversos tipos de clientes, burocracias, imprevistos, entre outros fatores, pode causar muito estresse na equipe de corretores. Realmente não é fácil! 

Temos que admitir o quanto pode ser sacrificante ter uma carreira bem sucedida. Muitas coisas estão envolvidas e, às vezes, nem paramos para pensar em como isso tudo pode afetar a vida pessoal, familiar e social.

Se isso está acontecendo com você, ou com alguém que conhece, saiba que não é o único. Os números de casos só aumentam e estão atingindo muitas pessoas ao redor do mundo. Esse esgotamento e exaustão extrema, que estão diretamente ligados ao trabalho secular, tem nome e características bem peculiares. Ela é conhecida como Síndrome de Burnout. 

Síndrome de Burnout? O que é, exatamente? 

Bem, podemos dizer que essa síndrome do esgotamento. Ela se manifesta em várias características negativas relacionadas ao nosso comportamento físico e principalmente emocional, ligadas diretamente ao trabalho.

Muito trabalho e carga de responsabilidade sobre nós, pode gerar um acúmulo excessivo de estresse e tensão emocional. Profissionais que se veem na condição de trabalho sob pressão e precisam dar de si na empresa, tendem a desenvolver desequilíbrio emocional e até depressão. Em casos extremos é necessário procurar ajuda médica ou psicológica para um tratamento cuidadoso.

Sem dúvida, esse esgotamento emocional pode ser prejudicial individual e socialmente – para colegas de trabalho, família e amigos que convivem conosco.

Por isso, vamos listar a partir de agora por que precisamos nos preocupar com esta questão. O que precisamos saber para identificar os sinais da Síndrome de Burnout? E o que podemos fazer para lidar com isso ou ajudar alguém nessa condição?

Como a Síndrome de Burnout pode afetar negativamente a equipe?

Se tem uma coisa que pode afetar negativamente um trabalho em equipe é o estresse e a ansiedade gerados pela pressão de nossas atividades diárias. Uma pessoa com dificuldades de lidar com suas próprias cobranças, certamente terá dificuldades de se relacionar com os outros. Não é nada agradável conviver com pessoas negativas ao nosso redor. 

Entretanto, podemos e devemos tomar uma atitude para não deixarmos nosso estresse atrapalhar a boa convivência com nossos colegas. O relacionamento interpessoal pode afetar de maneira positiva ou negativa a produtividade de uma equipe.

Cada profissional ocupa um papel muito importante no núcleo de uma equipe. É preciso reconhecer que um depende do outro e todos os membros compõem uma parte fundamental do time, assim como um corpo humano.

Uma boa convivência vai ser muito útil para um relacionamento saudável e prazeroso. Mas para isso, é preciso estar bem consigo mesmo e fazer a sua parte. Como?

Primeiramente, precisamos aceitar que a Síndrome de Burnout afeta o emocional e pode prejudicar o modo como as pessoas realizam suas tarefas. Isso pode gerar um desgaste ainda maior na equipe e tornar as coisas mais difíceis.

Assim sendo, é primordial entender o que está acontecendo e gerenciar a motivação da equipe. Um gestor, pode ajudar fornecendo ferramentas motivacionais que tornem o trabalho mais significativo e agradável para todos.

Um corretor que se sente fatigado, nervoso, ansioso ou triste vai acabar passando estes sentimentos para o cliente e eles não se sentirão motivados a fechar o negócio. Isso quer dizer que a Síndrome de Burnout afeta o profissional, e também a todos em sua volta, interferindo diretamente nos resultados da imobiliária.

Ter pessoas colaborativas e afetivas na equipe é muito valioso e saudável. Não queremos ver nosso local de trabalho e as horas que passamos nele como uma parte chata do nosso dia. 

Para ilustrar, pense na sua mão. Se você machucar um único dedo, provavelmente ficará com o movimento da mão inteira comprometido. Talvez evite usar essa mão para evitar a dor.

É o que acontece numa equipe em que alguém tem Síndrome de Burnout. Um único membro prejudica todo o movimento da equipe e eventualmente alguns problemas deixam de ser resolvidos para evitar conflitos. Isso gera um círculo vicioso que gera ainda mais estresse.

Percebe como isso é sério? Não se pode desconsiderar nenhum “dedo da mão”. Todos os membros de um time são especiais e precisam ser tratados como tal. 

Se você acha que pode estar com problemas de produtividade e colaboração, talvez você reconheça alguns dos sintomas relacionados com a Síndrome de Burnout.

Falaremos agora, diretamente para você. Por quê?

Porque o gestor sofre uma pressão maior e está ainda mais suscetível a ter este problema.

Então, primeiramente identifique se há sinais em você, depois pense em como reconhecer os sinais na sua própria equipe.

Identifique os sinais da Síndrome de Burnout

Reconhecer que estamos sendo afetados com a pressão do trabalho e com as nossas responsabilidades, não é nada fácil.

Toda mudança de humor e de comportamento fica ainda mais evidente para aqueles que convivem conosco e estão ao nosso redor. Até nossa afeição pode dizer muita coisa sobre nós e muitas vezes nem notamos isso. 

Reconhecer e lidar com os desafios que há na carreira de um corretor de imóveis não é uma tarefa muito fácil.

No entanto, segundo a Agência Brasil, em 2019 mais de 20 mil brasileiros pediram afastamento por doenças mentais relacionadas ao trabalho e estima-se que a depressão será a doença mais comum do país em 2030.

Então, fique atento aos sinais e não desconsidere a opinião de pessoas que ocupam parte importante do seu dia. O primeiro passo é reconhecer alguns dos sintomas aparentes:

– Alteração no sono e na alimentação;

– Desinteresse em comparecer no trabalho;

– Falta de interesse para conhecer novos clientes e interagir com outros profissionais;

– Dificuldades para memorizar coisas do dia a dia;

– Ansiedade;

– Isolamento;

– Autoestima baixa;

– Mudanças repentinas de humor e irritabilidade;

– Dificuldades para se concentrar;

– Agressividade;

– Pessimismo;

Além desses pontos citados, podemos incluir outros fatores como dores de cabeça, enxaqueca, cansaço, palpitações, respiração ofegante, dores musculares, distúrbios gastrintestinais, pressão arterial desregulada, sudorese e etc.

O que pode ajudar um corretor imobiliário que sofre com Síndrome de Burnout?

Se reconheceu alguns dos sintomas, acalme-se e procure maneiras práticas para melhorar sua saúde mental. As doenças da mente afetam diretamente o resto do corpo. Uma mente tranquila e o equilíbrio emocional são essenciais para uma boa saúde física.

Um corretor de imóveis passa uma boa parte de seu tempo se dedicando à empresa. Pensando nisso, a empresa pode fazer esse tempo se tornar algo muito bom. 

A empresa pode ser de ajuda para quem sofre com burnout por estar disposta a ouvir sem julgar. É preciso admitir que parte dos problemas foram causados no trabalho ou por causa dele. Portanto, é sensato oferecer ajuda para fazer uma manutenção, corrigir o problema e evitar que esse mal atinja mais pessoas.

É bem interessante ter um lugar reservado para um descanso rápido e uma pausa para um cafezinho com os colegas, refeitório para almoçar com tranquilidade, manter o ambiente de trabalho limpo e torná-lo aconchegante, permitir que os funcionários tirem férias em períodos mais curtos e com mais frequência, investir em palestras com profissionais de RH ou marketing, criar metas realistas. 

A vida de um corretor de imóveis exige muito esforço. Cobranças, compromissos e horas de trabalho a mais podem roubar tempo de qualidade da vida pessoal. É muito complicado fazer várias coisas ao mesmo tempo e querer resultados positivos em todas elas. Por isso, um bom começo para ajudar um corretor imobiliário que sofre com síndrome de burnout é a organização. 

Uma agenda bem programada e um esforço diário para manter a rotina organizada, vai ajudar o corretor a estar mais preparado para realizar as tarefas do dia a dia com qualidade.

Ter um CRM Imobiliário que ajude na organização da equipe pode ajudar no controle do tempo e aumentar a produtividade. Inclusive, falaremos um pouco mais sobre isso daqui a pouco. 

O que pode ser muito útil também, é tirar um tempo para comemorar as pequenas conquistas. Seja no relacionamento entre colegas ou no modo como os clientes mostram-se gratos por nosso bom trabalho. 

Incentive a equipe a:

> Ter equilíbrio ao usar as redes sociais e a internet;

> Desenvolver atividades criativas;

> Aprender algo novo como idiomas ou cursos de aperfeiçoamento profissional;

> Ter uma rotina saudável, beber água e praticar exercícios físicos; 

Uma pessoa com Síndrome de Burnout precisa “desligar o cérebro” do trabalho. Essa pessoa vai precisar de tempo com os amigos, com a família e eventualmente para praticar um hobby. Então, cuidado com exigências fora do horário do expediente da empresa. Isso pode gerar uma reação que deixará a pessoa ainda mais improdutiva.

Nem sempre vamos ter o controle de tudo porque imprevistos acontecem. Porém, podemos estar bem mais preparados para lidar com eles. Pequenas atitudes como gentilezas, ser educado, ter disposição para ajudar, reconhecer os talentos da equipe e manter o bom humor, podem ser bons aliados para um trabalho saudável e feliz.

Funcionários com burnout também tem seus direitos

Segundo juristas, a Síndrome de Burnout está diretamente relacionada com o trabalho, e por este motivo, ela é equivalente à doença ocupacional. Se for realmente comprovado o diagnóstico da síndrome, o funcionário tem o direito de se ausentar da atividade profissional. 

A orientação dos especialistas é que o funcionário procure ajuda profissional para um tratamento adequado e orientação segura. Se o profissional da saúde constatar a síndrome, o trabalhador tem direito a atestado médico que garante um afastamento mínimo de 15 dias. Nesse período a remuneração deve ser mantida pela empresa.

Caso haja necessidade da licença se estender por um período mais longo, o trabalhador precisará recorrer ao benefício do auxílio-doença do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Desde o início da pandemia da Covid-19, o problema está se agravando entre as pessoas, devido aos vários desafios que ela trouxe.

Evitar que o problema assole a equipe é essencial para manter as vendas da equipe num ritmo saudável para a imobiliária. Por isso, é bom que a empresa pense em boas ferramentas para organizar e melhorar as condições de trabalho do gestor e da equipe.

Não dispense um bom suporte imobiliário

Manter um bom relacionamento com clientes pode ser muito desgastante. Nem todos agem da mesma forma e alguns podem ser mais difíceis de lidar. Por isso, quando há ferramentas para dar suporte no atendimento, tudo se torna muito mais fácil.

Ter um bom CRM Imobiliário ajuda a gerenciar contatos, agendar ligações, colocar lembretes e a ter todas as informações necessárias bem à mão.

Isso torna o atendimento bem menos estressante, não há atrasos e o trabalho flui com tranquilidade.

O Sigavi 360 é um CRM Imobiliário que organiza o atendimento da empresa, distribui os contatos entre a equipe e facilita o gerenciamento do desempenho individual de cada membro da equipe. Isso ajudará a prevenir estresse e a reconhecer a queda na produtividade de algum corretor.

Quando o profissional se sente confortável e relaxado para cumprir suas responsabilidades ele conseguirá trazer melhores resultados para a empresa. 

Pense nisso e nos procure clicando aqui! Temos experiência e competência para dar a você ou à empresa que você lidera, um suporte especial na implantação do sistema. 

Estamos dispostos para contribuir com seu trabalho e o de sua equipe e deixá-lo bem mais gratificante. 

Lista exclusiva

para corretores e imobiliárias que querem mais RESULTADOS

Faça parte da nossa lista exclusiva e receba as melhores estratégias para alavancar seus negócios. Informe seus dados para receber:

× Como podemos te ajudar?