As melhores informações sobre o mercado imobiliário

Vídeos para vender imóveis: 5 dicas práticas

Usar vídeos para conectar e vender já é realidade em vários nichos, inclusive o imobiliário. Mas será que você sabe como fazer vídeos para vender imóveis?

A “primeira impressão” deixada por um anúncio, que contém um vídeo bem feito de uma propriedade, pode ser determinante para que o cliente queira saber mais e entrar em contato com o corretor.

O uso de vídeos para apresentar produtos e serviços têm crescido muito nos últimos anos, mas a pandemia de 2020 acelerou esse processo mais ainda.

Uma pesquisa feita pela empresa britânica de vídeos Wyzowl, mostrou que 86% das empresas estão utilizando algum tipo de vídeo como ferramenta de marketing. 

Ao entrevistar a audiência, a pesquisa constatou que 84% das pessoas afirmaram que já foram influenciadas a comprar alguma coisa após ver um vídeo.

Esses números são bem expressivos! Essa pesquisa foca em comportamento, por isso não há grandes variações destes números para o mercado imobiliário digital.

Se sua imobiliária ainda é tímida em utilizar vídeos para imóveis como ferramenta de vendas, saiba que não é tão complexo quanto parece.

Separamos aqui várias dicas para você gravar e editar os melhores vídeos para vender imóveis:

1) Preciso contratar um profissional?

Depende do público. 

No caso de vídeos para imóveis de luxo, é altamente recomendado que seja um trabalho mais profissional. Aliás, nestes casos, o valor da propriedade deve cobrir o investimento sem problemas.

Entretanto, geralmente você mesmo poderá fazer um trabalho de qualidade mostrando o imóvel em um vídeo bem feito.

2) Que equipamentos são necessários?

Não é necessário ter uma câmera profissional. Um bom smartphone pode fazer vídeos de alta qualidade. Se estiver pensando em comprar um, escolha um modelo que filme em FullHD com câmera de pelo menos 16 MP e 64MB de memória.

Não é essencial ter um tripé e uma luz de led, mas estes itens podem ajudar bastante na qualidade do seu vídeo.

3) Planejamento é a chave do sucesso

Se preparar para o que vai fazer economiza tempo e influencia na qualidade final do vídeo. Crie um check-list com um simples roteiro do que fazer.

  • Pense em quem é o público que vai se interessar por aquele imóvel;
  • Liste quais os pontos fortes da propriedade que você mostrará no vídeo;
  • Crie um pequeno percurso, decidindo quais cômodos mostrará primeiro para causar mais impacto; 
  • Procure vídeos de imóveis do mesmo tipo como referência para se inspirar; 
  • Pesquise pontos fortes no bairro que você talvez queira mostrar ou mencionar no seu vídeo;
  • Converse com antecedência com os donos, pergunte se eles poderiam gravar um depoimento sobre o imóvel, talvez contando a história da propriedade;
  • Combine com antecedência a filmagem com o proprietário e informe que o local precisa estar perfeitamente organizado e limpo, mesmo que já esteja vazio.

4) Gravando vídeos que vendem imóveis 

Agora que você já tem um plano de ação, mãos à obra!

Grave vídeos que levem os clientes a se imaginar morando no local. Diferente do tour virtual, o vídeo tem mais recursos que te permite gerar emoções nas pessoas.

Dê destaque a locais que tenham a ver com o clima da propriedade. Por exemplo, você pode focar bem a lareira numa casa de campo. Se for uma propriedade centralizada, que tal mostrar a bela vista da cidade?

Imóveis novos, recém-entregues pela construtora, precisarão de um carinho maior. Certifique-se de que esteja limpo e de não ter fios à mostra. 

Para que o cliente se sinta morando no imóvel, você poderá fazer edições do vídeo do cômodo vazio, com fotos do projeto decorado em 3d que geralmente as construtoras oferecem.

Se quiser falar algo sobre o ambiente, use um tripé. Ao falar, sugira ideias que encantem sua audiência. Como adaptar locais para escritórios, crianças e pets são ótimas sugestões.

Filme o quanto achar necessário, mas planeje um vídeo final de 2 a 3 minutos no máximo. A maior parte das pessoas vão assistir somente ao primeiro minuto, por isso os melhores vídeos para vender imóveis trabalham para gerar desejo indo direto ao ponto.

5) Faça um trabalho com qualidade

Da mesma forma que nas fotos que vendem imóveis, a qualidade do vídeo afeta diretamente a percepção que o cliente terá do imóvel e do seu atendimento. Então, capriche para criar vídeos para imóveis que serão utilizados no mercado imobiliário digital.

Foco

Os vídeos devem criar uma experiência e fazer com que o cliente se sinta no imóvel. Por conta disso, é importante fazer uma filmagem com a câmera em constante movimento. 

No entanto, muita atenção se a câmera não sairá de foco enquanto você se movimenta.

Uma boa dica é se mexer suave e lentamente, mantendo a câmera o mais estável possível. Caso fique muito lento, você pode acelerar o vídeo na edição sem perder a qualidade.

Áudio

Seria bom retirar o áudio do vídeo na edição e acrescentar uma música ambiente. 

Mas se precisar falar no vídeo, atenção ao áudio. Evite gravar em horários que tenham muito barulho no ambiente. Caso perceba buzinas, latidos ou outros sons enquanto fala, grave novamente.

Iluminação

Para uma boa iluminação, prefira sempre a luz natural, evite gravar em dias chuvosos.

Em alguns ambientes a luz natural não será suficiente e você poderá optar por usar iluminação artificial para complementar.

Excesso de luz também é ruim. A iluminação nunca deve estar de frente para a câmera, isso ‘estoura’ a luz e fica sem qualidade na filmagem.

Ângulos

O ângulo da filmagem pode permitir explorar melhor a luz. Além disso, também podem dar uma sensação de maior amplitude em ambientes pequenos.

Faça vários testes com ângulos diferentes, com o tempo vai perceber as melhores formas de filmar um ambiente e fará isso naturalmente.

Atenção à posição do celular

O ideal é fazer filmes com o celular na horizontal. Você poderá utilizar este formato em sites para corretores de imóveis, portais de mercado imobiliário digital, Facebook e YouTube.

Mas se planeja colocar vídeos no stories do Instagram, grave com o celular na vertical.

Edição de Vídeo

A parte da edição é a que demanda mais tempo, quanto melhor a qualidade da sua filmagem, menos trabalho para editar.

Você vai precisar de um programa específico para edição de seu vídeo. Nesse sentido, os aplicativos de celular são os mais simples de usar.

Um aplicativo muito usado para celular é o InShot. Ele é fácil de usar, tem tutoriais no YouTube que ensinam a fazer edições e a versão gratuita é muito boa, sem marca d’água no vídeo.

Termine os últimos 20 segundos da edição do seu vídeo com uma chamada para ação. Coloque uma foto ou uma frase de impacto que convide as pessoas a entrar em contato com você.

Fazer recursos visuais para um imóvel realmente dá trabalho, mas vale muito a pena.

Pessoas que veem vídeos para imóveis, já têm parte das dúvidas sanadas e estão profundamente interessadas na compra. Isso economiza seu tempo de atendimento.

Aliás, por falar em economia no tempo de atendimento, o CRM Sigavi 360 possibilita que você organize seus contatos e possa entrar em contato e enviar e-mails diretamente para eles.

Assim, quando tiver um novo vídeo de imóvel, já poderá selecionar na sua lista, pessoas que podem se interessar por essa propriedade e enviar o link via e-mail diretamente pelo CRM. 

Usando um bom CRM para organizar seus contatos e gravando os melhores vídeos para vender imóveis, sua imobiliária digital vai deslanchar em 2021.

Então aproveite para conhecer um pouquinho mais da plataforma de CRM Sigavi 360 solicitando uma avaliação gratuita. Clique aqui 

Lista exclusiva

para corretores e imobiliárias que querem mais RESULTADOS

Faça parte da nossa lista exclusiva e receba as melhores estratégias para alavancar seus negócios. Informe seus dados para receber:

× Como podemos te ajudar?